Placar no STF para admitir reeleição de Alcolumbre e Maia é de 4 votos a 3

A votação no Supremo Tribunal Federal (STF), sobre a possibilidade de reeleição dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), atingiu ontem (5), placar de quatro votos favoráveis e três contrários às novas candidaturas. Os atuais mandatos terminam em fevereiro de 2021.

O julgamento ocorre no plenário virtual do STF. A ministra Rosa Weber votou ontem contra a possibilidade de novos mandatos para Maia e Alcolumbre. 

Até o momento, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Alexandre de Moraes votaram a favor da possibilidade de reeleição, enquanto Marco Aurélio Mello, Cármen Lúcia e Rosa Weber são contrários.

Nunes Marques defende uma regra “intermediária” e diz ser favorável a uma única reeleição para esses cargos, em qualquer circunstância. Na prática, esse entendimento favorece a nova candidatura de Davi Alcolumbre e veta a de Rodrigo Maia, que já foi reeleito para o cargo.

Faltam os votos dos ministros Luís Roberto Barroso e Edson Fachin e do presidente do STF, Luiz Fux. O prazo da análise se encerra na próxima semana. 

Fonte: Portal Metro 1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *